domingo, 13 de setembro de 2009

A CIGARRA

video

Para o trabalho com a criança. A canção A CIGARRA, um poema de Marciano Vasques, musicado pelo maestro Mayki Fabiani, é utilizado pelos professores da Rede Municipal de São Paulo, que trabalham com o Fundamental I.
A CIGARRA - Intérprete: Mayki Fabiani - Álbum "Uma Dúzia e Meia de Bichinhos".

CONGRESSO INTERNACIONAL SOBRE LITERATURA


África 21 - DF
11/09/2009 - 17:00

Literatura

Escritores angolanos participam de congresso internacional sobre literatura na Bahia

O secretário-geral da UEA, Adriano Botelho de Vasconcelos, chefia a delegação angolana.

Da Redação, com agência

Luanda – Uma de delegação da União de Escritores Angolanos (UEA), chefiada pelo secretário-geral da instituição, Adriano Botelho de Vasconcelos, encontra-se desde ontem em Salvador, capital do estado brasileiro da Bahia, onde, de domingo (13), até o próximo dia 18, participa do XXII congresso internacional de literatura de língua portuguesa.

Promovido pela Associação Brasileira de Professores de Literatura Portuguesa, o encontro tem como propósito o intercâmbio de ideias entre escritores, professores e demais investigadores da literatura lusófona.

Em declarações à Angop, no aeroporto internacional “4 Fevereiro”, em Luanda, o escritor Akiz Neto, que durante o certame vai dissertar sobre “A poeticidade no discurso prosaico de Uanhenga Xitu”, disse que o encontro será uma oportunidade para escritores e pesquisadores da CPLP, europeus e americanos, discutirem temáticas importantes no ensino e domínio da literatura escrita em português.

Considerou salutar a cooperação entre escritores da lusofonia, enfatizando que ela necessita de maior apoio em nível institucional para que se dinamize a publicação de livros de diversos escritores de língua portuguesa, sobretudo, no mundo lusófono.

“É necessário que escritores angolanos possam publicar livros em Portugal, no Brasil, Moçambique, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Guiné Bissau, Timor Leste e vice-versa”, sublinhou.

Relativamente à produção literária em Angola, Akiz Neto é de opinião que a União de Escritores, a Nzila, Kilombelombe e outras editoras têm publicado muitos livros nos três últimos anos, porque tem aumentado o número de escritores bem como a qualidade das obras.

“Embora não tenhamos ainda um número desejável de leitores, estamos realizando feiras do livro e outros eventos, de modo a cultivarmos o hábito pela leitura aos nossos cidadãos”, frisou.

Aconselhou os novos escritores, com realce para a camada juvenil, a aculturar-se cada vez mais, a primar pela investigação, pois “não basta escrever para se tornar escritor”, sublinhou.

Segundo disse, é necessário uma avaliação dos “principiantes” por aqueles que têm maior experiência na arte de escrever, bem como a estreita colaboração entre ambos para se orientar as técnicas literárias a seguir.

Quanto à literatura infantil angolana, Akiz Neto disse ser necessária uma ampla discussão em nível local, pois, a falta de uma crítica assente provoca alguns receios a determinados escritores, impelindo-os a não publicarem as suas obras.

“O número de escritores que escrevem para crianças em Angola ainda é reduzido. Eu tenho aconselhado muitos jovens a iniciarem-se por aí, obviamente acompanhados de perto por escritores experientes”, realçou o poeta e ensaísta.

A comitiva da UEA é integrada também pelos escritores Manuel Rui Monteiro, Kanguimbo Ananáz, Akiz Neto, Abreu Paxi, Carmo Neto, Lopito Feijó, António Pompílio e Domingas de Almeida, sendo que alguns vão dissertar sobre temas específicos enquanto outros vão debruçar-se sobre as suas obras.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

ESPAÇO ABERTO

CASA AZUL DA EDUCAÇÃO é um espaço aberto para a colaboração de Professores, educadores e especialistas em Educação, que poderão enviar seus artigos, textos e suas colaborações, diretamente para o e-mail de Marciano Vasques.
marcianovasques@gmail.com

LOCAL DA RIQUEZA HUMANA


Artigo de Marciano Vasques, publicado no Jornal de Itaquera - São Paulo - Brasil

OFICINA PARA PROFESSORES

Oficina realizada na cidade de Juiz de Fora - MG - Brasil

domingo, 6 de setembro de 2009

CONVITE PARA EVENTO LITERÁRIO & EDUCACIONAL

Em 2004, em Juiz de Fora (MG) , evento com a participação de escritores reuniu professoras e educadores da região.

CARTAZ DE SEMINÁRIO

Em 2000 foi realizado no SESC de Itaquera, o Seminário Educar Para a Paz, que reuniu os professores da região - São Paulo - SP - Brasil

CONGRESSO DO SINPEEM

Anualmente, o SINPEEM, sindicato dos Professores Municipais de São Paulo, realiza o seu Congresso de Educação.

sábado, 5 de setembro de 2009

NOVO EDITAL PARA LIVRO DIDÁTICO

Governo lança novo edital para livro didático
Autor: Juliana Meneses - MEC
1/9/2009

A Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad) do Ministério da Educação lança nesta sexta-feira, 4/9, o edital do Programa Nacional do Livro Didático para Educação de Jovens e Adultos (Pnldeja), em parceria com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A iniciativa, inédita, vai beneficiar cerca de 5,7 milhões de estudantes.

A partir do lançamento, editoras interessadas devem fazer a pré-inscrição das obras no FNDE, pela internet. A Secad será responsável pela avaliação dos títulos, que devem atender critérios estabelecidos pelo edital. Pela primeira vez, serão contempladas publicações de educação de jovens e adultos específicas para educação no campo, educação escolar indígena e quilombola e educação em prisões.

O Pnldeja incorpora o Programa Nacional do Livro Didático para a Alfabetização de Jovens e Adultos (PNLA), responsável pelo atendimento a estados e municípios participantes do programa Brasil

Alfabetizado e a escolas públicas com turmas de alfabetização. O novo programa amplia o atendimento, com a inclusão de segmentos de educação de jovens e adultos que correspondem ao ensino fundamental.

O processo de indicação das obras também será diferente em relação ao PNLD para o ensino regular. As escolas terão ampla participação no processo, mas a escolha será centralizada pelas secretarias municipais e estaduais de educação, que definirão as obras para todas as escolas.

De acordo com o diretor de políticas de educação de jovens e adultos do Ministério da Educação, Jorge Teles, o fornecimento do livro didático completa um ciclo de institucionalização da educação de jovens e adultos como política pública de Estado. Outros avanços conquistados foram a inclusão dessa modalidade de ensino no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), nos programas de transporte e merenda escolar e no Guia de Tecnologias.

Teles destacou, ainda, a formação de professores e alfabetizadores, em cursos a distância, pelo sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB) e, de forma presencial, por universidades públicas.

©2008 Galeno Amorim - Todos direitos reservados

CONGRESSO 1


Congresso Internacional de Tecnologia na Educação

terça-feira, 1 de setembro de 2009

THELMA TRAVAINI E ELAINE SORBANI

Thelma Travaini e Elaine Sorbani inauguram o Blog CASA AZUL DA EDUCAÇÃO, um blog dedicado aos eventos educacionais, congressos, seminários, textos, artigos, questões pedagógicas, aspectos da Educação. Thelma é diretora e Elaine é professora de Português. Ambas estão no Blog AEI-LIJ-SP, onde realizam uma entrevista.